Obrigado por contribuir para melhorar o Fórum D!

Deixe a sua sugestão

MAIS SOBRE VITAMINA D

IMPRENSA

A importância da Vitamina D (com video)


O reumatologista e um dos promotores do Fórum D, Dr. Pereira da Silva, esteve na Edição da Manhã para falar da importância da vitamina D, quando se sabe que apesar de vivermos num país onde o sol brilha grande parte do ano, muitos portugueses apresentam défice desta vitamina.

As 4 vitaminas recomendadas por um cardiologista (em inglês)


O mundo das vitaminas e suplementos é confuso. Todas apresentam os seus benefícios para a saúde, mas se tudo fosse verdade iria acabar por tomar centenas de suplementos por dia. Como saber quais é que vale a pena ter atenção? Fique a saber!

Vitamina D aumenta esperança de vida


Estudo norte-americano relaciona níveis demasiado baixos de vitamina D com o desenvolvimento de certas doenças, como as do foro cardíaco, diabetes e hipertensão.

VIDEOS

O Popular Dr. Oz aponta as Vantagens da Vitamina D


O Dr. Oz também conhecido da televisão Portuguesa refere os niveis preocupantes de carência de Vitamina D nos Estados Unidos da América e as vantagens que esta pode trazer.

A Verdadeira História da Vitamina D


Uma reportagem da CBN News sobre os efeitos da Vitamina D e os efeitos benéficos que demonstra ter contras as infecções virais entre outros.

A Vitamina D na Prevenção do Cancro


O Dr. Meschino um dos pioneiros na criação de vídeos educativos sobre medicina na Internet fala sobre a Vitamina D e a sua importância na prevenção do cancro.

Uma extensa compilação de artigos sobre Vitamina D, com link para pubmed ou fontes semelhantes.

Aceda à base científica
Deficiência de Vitamina D – O que é?

A carência de vitamina D é um estado em que os níveis de vitamina D, no seu estado de armazenamento, (25(OH)D ou calcidiol), são mais baixos do que aquilo que o corpo necessita para manter um bom estado de saúde.

A carência de vitamina D não deverá manter-se durante demasiado tempo, mesmo para aqueles que se sentem saudáveis. Quanto mais tempo existir essa carência, maior é o risco de desenvolver complicações sérias de saúde, tais como doenças crónicas, debilitantes ou mesmo mortalidade. Trata-se de uma situação extremamente comum. São muitas as doenças e sintomas que se pensam, hoje, estar relacionadas coma carência de vitamina D, como poderá ver nestes textos.

O que causa a deficiência de Vitamina D?

Os seres humanos estão preparados para satisfazer as suas necessidades de vitamina D através da sua produção na pele, Esta produção depende da exposição da pele à luz solar intensa. A alimentação não é uma fonte relevante de Vitamina D. Assim, a principal causa de carência de vitamina D é a falta de exposição solar consistente ou com suficiente pele à mostra para absorver a radiação solar.

O estilo moderno de vida

Actualmente a maior parte da população não trabalha ao ar livre, mas sim dentro de edifícios. Daqui resulta uma diminuição drástica da exposição ao sol e, logo, da produção de vitamina D. Em muitas áreas do globo, as pessoas protegem todas as partes do corpo contra o sol. Isto justifica que a carência de vitamina D seja extremamente prevalente em áreas solarengas, como o Médio Oriente. O receio do cancro da pele leva a que a maior parte das pessoas não arrisque expor-se ao sol intenso sem protecção solar: um protector com índice superior a 8 é suficiente para anular completamente a produção de vitamina D.

Outros factores

Envelhecimento - os idosos estão em maior risco, dada a falta de mobilidade e o facto da sua pele ser menos sensível à radiação UVB

Pele escura - a maior incidência de carência de vitamina D nas pessoas de raça negra está bem documentada

Amamentação - a amamentação resultará na carência de vitamina D no bebé se a mãe não tiver ela própria níveis suficientemente altos para responder às necessidades do bebé. Se a mãe apresentar níveis muitos baixos de vitamina D, a criança também os terá, dado que o leite materno não terá as quantidades de vitamina D adequadas.

Obesidade – Em pessoas obesas, a vitamina D fica presa no tecido adiposo, o que evita a sua metabolização e utilização pelo corpo

Quais são os sintomas da carência de Vitamina D?

A esmagadora maioria das pessoas com carência de Vitamina D não tem sintomas directamente atribuíveis à falta desta Vitamina – o que tem é uma condição de risco para desenvolver um conjunto de problemas a prazo, como infecções ou osteoporose. Trata-se, por isso, em grande medida de uma epidemia silenciosa. Só em caso de carências muito acentuadas é que se observam sintomas, como dores musculares imprecisas e difusas, falta de força e de coordenação musculares, contracturas musculares como cãibras. As crianças podem apresentar raquitismo com dores, deformações ósseas graves e atraso de crescimento As consequências mais comuns e prevalentes da carência de vitamina D são mais silenciosas, desenvolvendo-se a prazo: osteoporose, fracturas por traumatismo mínimo, infecções frequentes, depressão, etc.