A Vitamina D não é apenas mais uma Vitamina.

Na verdade, demonstrou ser uma aposta eficaz na prevenção de uma multiplicidade de doenças e, à medida que surgem novos estudos, tudo indica que a sua acção não termine por aqui. Confira o que foi descoberto até agora.

Todos os anos, nos EUA, o cancro da bexiga afecta cerca de 70 000 pessoas e mata aproximadamente 15 000.

De acordo com dados de 2008 do Instituto Nacional do Cancro (EUA), em cada ano, são diagnosticados 65 indivíduos com cancro cerebral por 100 000 de americanos.

O cancro da mama é mais comum nas mulheres do mundo ocidental e concretamente de Portugal. Nos EUA, a doença afecta à volta de 230 000 mulheres e 2 000 homens por ano. Em Portugal atinge cerca de 6000 mulheres por ano e 90 a 100 casos são registados em homens.

Este cancro afecta cerca de 800 mulheres anualmente em Portugal e mata cerca de 250.

O cancro o cólon e do reto é um dos tipos de cancro mais comuns em países desenvolvidos. Em Portugal são diagnosticados cerca de 8 000 casos por ano.

O cancro do endométrio inicia-se na camada interna do útero. Em Portugal são diagnosticados cerca de 900 novos casos por anos e 200 a 250 mulheres morrem por esta causa.

O cancro do esófago é uma causa de morte importante. Nos EUA, todos os anos, esta doença afecta cerca de 17 000 pessoas, matando cerca de 15 000. Em Portugal são registados cerca de 400 novos casos por ano

É um cancro relativamente raro. Em Portugal registam-se cerca de 120 casos por anos. Nos EUA afecta cerca de 9 000 pessoas e mata cerca de 3 000. As mulheres possuem maior risco de desenvolverem este tumor que os homens

O cancro do estômago (gástrico) é uma importante causa de morte. Em Portugal são diagnosticados cerca de 1 300 casos por anos.

Os linfomas de Hodgkin (ou Doença de Hodgkin) é um cancro dos linfócitos, um dos tipos de glóbulos brancos presentes no sangue. Os sintomas podem incluir febre constante, irritação cutânea, suores nocturnos, perda de peso e um aumento nos nódulos linfáticos.

A leucemia é um cancro do sangue ou da espinal medula. Esta doença causa um aumento anormal de leucócitos (glóbulos brancos). Existem vários tipos de leucemia.

Esta é a principal causa de morte por cancro nos EUA, afectando cerca de 220 000 pessoas e matando cerca de 157 000. Em Portugal registam-se cerca de 2 800 casos por ano.

Todos os anos nos EUA, o melanoma afecta cerca de 70 000 pessoas, matando cerca de 9 000. Este tipo de cancro afecta 33% mais homens do que mulheres. Do mesmo modo, 50% mais homens morrem desta doença.

O mieloma múltiplo (MM) é o cancro das células do plasma. Este tipo de cancro afecta cerca de 20 000 pessoas nos EUA, matando cerca de 11 000.

Estima-se que cerca de 2 milhões de pessoas nos EUA foram tratadas para cancro da pele não-melanoma em 2006. Contudo, somente 3 000 pessoas morreram com este cancro, sendo as principais mortes devidas aos carcinomas escamosos.

O linfoma de não-Hodgkin é um cancro no tecido linfático, que inclui nódulos linfáticos, a medula e outros orgãos do sistema imunitário. Esta é uma importante causa de doença e morte. Nos EUA, em cada ano, a doença afecta cerca de 65 000 pessoas e responde por cerca de 20 000 mortes.

Todos os anos, o cancro dos ovários afecta aproximadamente 22 000 pessoas nos EUA, matando cerca de 15 000. Em Portugal registam-se cerca de 600 casos por ano e 450 perdem a vida por essa causa.

Cerca de 44 000 pessoas nos EUA são diagnosticados com cancro do pâncreas todos os anos. Este é um dos cancros mais mortais, causando cerca de 37 000 mortes por ano.

Esta é uma causa importante de doença e morte. Em Portugal ocorrem cerca de 6000 casos por ano. Nos EUA, todos os anos, esta doença afecta cerca de 240 000 homens e responde por cerca de 34 000 mortes.

Todos os anos, o cancro do rim afecta cerca de 61 000 pessoas nos EUA e cerca de 13 000 morrem por essa causa. Em Portugal são diagnosticados cerca de 650 novos em cada ano.