Obrigado por contribuir para melhorar o Fórum D!

Deixe a sua sugestão

BENEFÍCIOS DA VITAMINA D

IMPRENSA

A importância da Vitamina D (com video)


O reumatologista e um dos promotores do Fórum D, Dr. Pereira da Silva, esteve na Edição da Manhã para falar da importância da vitamina D, quando se sabe que apesar de vivermos num país onde o sol brilha grande parte do ano, muitos portugueses apresentam défice desta vitamina.

As 4 vitaminas recomendadas por um cardiologista (em inglês)


O mundo das vitaminas e suplementos é confuso. Todas apresentam os seus benefícios para a saúde, mas se tudo fosse verdade iria acabar por tomar centenas de suplementos por dia. Como saber quais é que vale a pena ter atenção? Fique a saber!

Vitamina D aumenta esperança de vida


Estudo norte-americano relaciona níveis demasiado baixos de vitamina D com o desenvolvimento de certas doenças, como as do foro cardíaco, diabetes e hipertensão.

VIDEOS

O Popular Dr. Oz aponta as Vantagens da Vitamina D


O Dr. Oz também conhecido da televisão Portuguesa refere os niveis preocupantes de carência de Vitamina D nos Estados Unidos da América e as vantagens que esta pode trazer.

A Verdadeira História da Vitamina D


Uma reportagem da CBN News sobre os efeitos da Vitamina D e os efeitos benéficos que demonstra ter contras as infecções virais entre outros.

A Vitamina D na Prevenção do Cancro


O Dr. Meschino um dos pioneiros na criação de vídeos educativos sobre medicina na Internet fala sobre a Vitamina D e a sua importância na prevenção do cancro.

Uma extensa compilação de artigos sobre Vitamina D, com link para pubmed ou fontes semelhantes.

Aceda à base científica
Epilepsia

A Epilepsia é uma desordem cerebral. Envolve convulsões espontâneas e recorrentes, de vários tipos e intensidades. Estes episódios acontecem quando a função cerebral é perturbada, geralmente por sinais eléctricos anormais no cérebro. Podem acabar por afectar o comportamento e os níveis de atenção.

Sumário para doentes e público em geral

 

A Epilepsia é uma desordem cerebral. Envolve convulsões espontâneas e recorrentes, de vários tipos e intensidades. Estes episódios acontecem quando a função cerebral é perturbada, geralmente por sinais eléctricos anormais no cérebro. Podem acabar por afectar o comportamento e os níveis de atenção.

Fatores de risco

Existem algumas doenças que representam risco para a epilepsia:

  • ♣    Enfarte.
  • ♣    Demência.
  • ♣    Traumatismo cranianos.
  • ♣    Infecções (HIV e meningite).
  • ♣    Defeitos cerebrais congénitos.
  • ♣    Falha renal ou hepática.

 

Exposição solar e epilepsia 

Em Inglaterra, foi reportado que acontecem menos convulsões em dias claros e de sol e são menos frequentes em dias escuros e cinzentos. Alguns estudos também identificaram um maior número de episódios no inverno, quando existe menos luz solar.

A terapia de luz é por vezes usada para reduzir os efeitos da epilepsia. No entanto, os seus mecanismos de ação não são claros. A luz solar é a fonte primária de vitamina D e pode também aumentar a produção de outros agentes químicos no cérebro, tais como a serotonina, dopamina e norepinefrina. Atente-se que, por outro lado, as drogas usadas no tratamento da epilepsia podem reduzir os níveis de vitamina D.

 

Vitamina D e epilepsia

A principal relação entre os níveis de vitamina D e a epilepsia advém do facto das drogas anti-epiléticas baixarem os níveis de vitamina D. Assim, quem seja portador desta condição e use tais drogas, deverá verificar os seus valores de vitamina D, no sentido de os manter em concentrações ótimas, à volta de 30-40 ng/mL (75-100 nmol/L).

Como é que Vitamina D funciona neste caso?

A vitamina D pode ajudar as pessoas com epilepsia ao:

Aumentar a densidade massa óssea – a perda de massa óssea (osteoporose) é um problema para quem tem epilepsia e pode aumentar o risco de fracturas associadas a quedas.

Proteger contra doenças que são factores de risco para a epilepsia.

 

Prevenção

A vitamina D pode ajudar a prevenir algumas das doenças que podem levar à epilepsia. Tais como a meningite, HIV, enfartes e demência.

Vitamina D e cálcio

Deficiência de vitamina D pode causar hipocalcémia. Baixos níveis de cálcio podem dar origem a convulsões, especialmente em crianças. Essas convulsões podem ser confundidas. Deve-se aumentar os níveis de vitamina D para evitar esse tipo de problema.

Tratamento

A vitamina D pode ajudar quem sofre de epilepsia ao proteger contra outras doenças, como seja a osteoporose. 

As pessoas que tenham convulsões devem dosear os seus níveis de vitamina D e de cálcio, dado que as convulsões podem ter origem em baixos níveis de cálcio e não estar em causa uma epilepsia.