Obrigado por contribuir para melhorar o Fórum D!

Deixe a sua sugestão

BENEFÍCIOS DA VITAMINA D

IMPRENSA

A importância da Vitamina D (com video)


O reumatologista e um dos promotores do Fórum D, Dr. Pereira da Silva, esteve na Edição da Manhã para falar da importância da vitamina D, quando se sabe que apesar de vivermos num país onde o sol brilha grande parte do ano, muitos portugueses apresentam défice desta vitamina.

As 4 vitaminas recomendadas por um cardiologista (em inglês)


O mundo das vitaminas e suplementos é confuso. Todas apresentam os seus benefícios para a saúde, mas se tudo fosse verdade iria acabar por tomar centenas de suplementos por dia. Como saber quais é que vale a pena ter atenção? Fique a saber!

Vitamina D aumenta esperança de vida


Estudo norte-americano relaciona níveis demasiado baixos de vitamina D com o desenvolvimento de certas doenças, como as do foro cardíaco, diabetes e hipertensão.

VIDEOS

O Popular Dr. Oz aponta as Vantagens da Vitamina D


O Dr. Oz também conhecido da televisão Portuguesa refere os niveis preocupantes de carência de Vitamina D nos Estados Unidos da América e as vantagens que esta pode trazer.

A Verdadeira História da Vitamina D


Uma reportagem da CBN News sobre os efeitos da Vitamina D e os efeitos benéficos que demonstra ter contras as infecções virais entre outros.

A Vitamina D na Prevenção do Cancro


O Dr. Meschino um dos pioneiros na criação de vídeos educativos sobre medicina na Internet fala sobre a Vitamina D e a sua importância na prevenção do cancro.

Uma extensa compilação de artigos sobre Vitamina D, com link para pubmed ou fontes semelhantes.

Aceda à base científica
Demência

A demência é, basicamente, a perda de capacidade e funções cerebrais. É frequente estar associada a outras doenças. A demência afecta a memória, o raciocínio, a linguagem, a percepção e o comportamento.

Sumário para doentes e público em geral

 

A demência é, basicamente, a perda de capacidade e funções cerebrais. É frequente estar associada a outras doenças. A demência afecta a memória, o raciocínio, a linguagem, a percepção e o comportamento. 

Dois tipos mais comuns de demência são a doença de Alzheimer e a demência vascular.

 

Fatores de risco 

Alguns dos factores de risco para a demência são:

  • ♣    Dieta - alguns alimentos estão associados a aumento no risco de Alzheimer (grandes quantidades de produto animal, como carnes vermelhas e baixo consumo de ácidos gordos omega-3 e vegetais).
  • ♣    Genética - no que se relaciona com o colesterol e insulina, pode vir a ter impacto no desenvolvimento de Alzheimer.
  • ♣    Estilo de vida sedentário - exercício físico, mesmo que moderado, ajuda a reduzir o risco de demência.
  • ♣    Inflamação cerebral - este é um factor de grande impacto.

 

Exposição solar e risco de demência 

Não existem estudos que relacionem a exposição solar com o risco de demência.

No entanto, no Japão, a exposição solar a raios UVB já foi usada como terapia para a demência. A radiação UVB aumenta os níveis de vitamina D no sangue e reduz o risco de osteoporose.

 

Vitamina D e demência

Vários estudos indicam que a vitamina D pode ser benéfica para pessoas que sofrem de demência:

  • ♣    Baixos níveis de vitamina D estão associados a riscos elevados de défice cognitivo. Este défice ocorre numa fase pré-demência.
  • ♣    Existem várias doenças que são associadas a vitamina D e são igualmente percursoras de demência. Tais doenças incluem doenças cardiovasculares, diabetes melitos e depressão.
  • ♣    As pessoas com baixos níveis de vitamina D tiveram maior incidência de Alzheimer e demência.
  • ♣    Uma revisão da literatura de 2010 concluiu que a vitamina D pode reduzir o risco de demência, em particular o Alzheimer. Os investigadores sugeriram que são necessários mais estudos para comprovar esta hipótese.
  • ♣    A relação entre a vitamina D e a demência foi estudada num grupo de pacientes idosos na França. Os pacientes com deficiência grave de vitamina D (com menos de 10 ng/mL [25 nmol/L]) apresentaram o dobro do risco de desenvolver demência moderada a grave.

 

Como é que Vitamina D funciona neste caso?

A vitamina D actua de várias maneiras que contrariam a demência:

  • ♣    Todas as células do corpo humano têm receptores de vitamina D. Estes receptores são accionados pelo calcitriol, a forma activa de vitamina D, e ajudam a "ligar ou desligar" vários genes.
  • ♣    A vitamina D pode reduzir a inflamação no cérebro.
  • ♣    Níveis aceitáveis de vitamina D podem ajudar a reduzir o número de placas de substância amilóide. Estas placas são uma marca da doença de Alzheimer, mas não é ainda claro se causam a doença em si.
  • ♣    A vitamina D aumenta o factor de crescimento dos nervos no cérebro. Tal situação foi apenas confirmado em ensaios de laboratório com ratos.

 

Prevenção

A vitamina D pode reduzir o risco de demência ao reduzir o risco de doenças que são frequentemente percursoras de demência. Baixos níveis de vitamina D estão associados a um aumento do risco destas doenças, em particular da doença cardiovascular e enfarte, que partilham muitos dos factores de risco da demência.

Tratamento

As pessoas com demência apresentaram frequentemente níveis baixos de vitamina D. Estudos realizados no Japão mostraram que quem sofre de Alzheimer poderia fazer subir os seus níveis de vitamina D aumentando a exposição solar.

A vitamina D pode ajudar à remoção da substância amilóde, uma marca da doença de Alzheimer, ao estimular os macrófagos. Os macrófagos são um tipo de glóbulo branco que combate as infecções. No entanto, não está ainda demonstrado que remover a substância amilóide reduz a progressão ou gravidade da doença de Alzheimer.