Obrigado por contribuir para melhorar o Fórum D!

Deixe a sua sugestão

BENEFÍCIOS DA VITAMINA D

IMPRENSA

A importância da Vitamina D (com video)


O reumatologista e um dos promotores do Fórum D, Dr. Pereira da Silva, esteve na Edição da Manhã para falar da importância da vitamina D, quando se sabe que apesar de vivermos num país onde o sol brilha grande parte do ano, muitos portugueses apresentam défice desta vitamina.

As 4 vitaminas recomendadas por um cardiologista (em inglês)


O mundo das vitaminas e suplementos é confuso. Todas apresentam os seus benefícios para a saúde, mas se tudo fosse verdade iria acabar por tomar centenas de suplementos por dia. Como saber quais é que vale a pena ter atenção? Fique a saber!

Vitamina D aumenta esperança de vida


Estudo norte-americano relaciona níveis demasiado baixos de vitamina D com o desenvolvimento de certas doenças, como as do foro cardíaco, diabetes e hipertensão.

VIDEOS

O Popular Dr. Oz aponta as Vantagens da Vitamina D


O Dr. Oz também conhecido da televisão Portuguesa refere os niveis preocupantes de carência de Vitamina D nos Estados Unidos da América e as vantagens que esta pode trazer.

A Verdadeira História da Vitamina D


Uma reportagem da CBN News sobre os efeitos da Vitamina D e os efeitos benéficos que demonstra ter contras as infecções virais entre outros.

A Vitamina D na Prevenção do Cancro


O Dr. Meschino um dos pioneiros na criação de vídeos educativos sobre medicina na Internet fala sobre a Vitamina D e a sua importância na prevenção do cancro.

Uma extensa compilação de artigos sobre Vitamina D, com link para pubmed ou fontes semelhantes.

Aceda à base científica
Doença vascular periférica

A doença vascular periférica (também conhecida como doenças arterial periférica) ocorre quando grandes placas ateromatosas se acumulam nas artérias.

Sumário para doentes e público em geral

 

A doença vascular periférica (também conhecida como doenças arterial periférica) ocorre quando grandes placas ateromatosas se acumulam nas artérias.

A placa é constituída por gorduras, colesterol, cálcio, tecidos fibrosos e outros substâncias do sangue. Com o passar do tempo, a placa provoca o endurecimento e estreitamento das artérias. Esta condição é denominada de arteroesclerose. Nessas condições as artérias não têm a mesma capacidade de distribuir o sangue nos órgãos ou segmentos do corpo que irrigam. A doença vascular periférica afecta mais comummente os membros inferiores.

 

Fatores de risco

O principal factor de risco para a doença vascular periférica é a diabetes mélitus de tipo 2. Os factores que contribuem para o risco de diabetes tipo 2 incluem dietas fortes em carbohidratos refinados e/ou alimentos com alto teor de gordura, bem como baixos níveis de vitamina D.

 

Exposição solar e risco de doença vascular periférica 

As pessoas de raça negra têm maior incidência de doença vascular periférica que as de raça branca.

É possível que isto se deva a:

  • ♣    Pele mais escura que não permite absorver os raios UVB do sol tão eficazmente como a pele clara. Como consequência, as pessoas de raça negra têm níveis de vitamina D mais baixos que o normal.
  • ♣    Maior incidência de diabetes, talvez devido ao consumo de alimentos ricos em gordura e açúcares.

 

Vitamina e doença vascular periférica 

Vários estudos revelaram que pessoas com níveis baixos de vitamina D têm um risco acrescido de doença vascular periférica:

  • ♣    Num estudo realizado nos EUA, a taxa de doença vascular periférica era de 40% para cada redução de 10 ng/mL (25 nmol/L) nos níveis de vitamina D abaixo dos 30 ng/ml (75 nmol/l).
  • ♣    Num estudo realizado no Utah, EUA, pessoas com baixos níveis de vitamina D apresentaram quase o dobro do risco de desenvolverem doença vascular periférica quando comparados com pessoas com níveis de vitamina D adequados.

 

Como é que Vitamina D funciona neste caso?

O mecanismo de acção é incerto, a vitamina D pode baixar o risco de doença vascular periférica ao reduzir:

  • ♣    A Hipertensão
  • ♣    A inflamação
  • ♣    O endurecimento e crescimento das células dentro das paredes dos vasos sanguíneos
  • ♣    O risco de diabetes tipo 2

 

Prevenção

Existe alguma evidência que demonstra que níveis elevados de vitamina D ajudam a reduzir o risco de doença vascular periférica.

Com base em estudos focados em doenças cardiovasculares e diabetes, os níveis de vitamina D devem ser maiores do que 30–40 ng/mL (> 75–100 nmol/L) para reduzir significativamente o risco de doenças vascular periférica. 

Tomar 1000-5000 UI (25–125 mcg)/dia de vitamina D3 (cholecalciferol) aumenta os níveis no sangue até estes valores. É pertinente e relevante notar que cada 1000 UI (25 mcg)/dia de vitamina D aumenta os níveis no sangue em cerca de 6–10 ng/mL (15–25 nmol/L). No entanto, existem variações consideráveis de pessoa para pessoa. São recomendados 3 meses de suplementação. Para determinar a dosagem mais adequada para cada pessoa, os níveis de vitamina D devem ser testados antes e três meses depois do inicio da suplementação ou aumento da exposição solar.

Tretamento

Não são conhecidos estudos que usem vitamina D no tratamento para a doença vascular periférica. No entanto, níveis elevados de vitamina D podem melhorar a severidade da doença.