Obrigado por contribuir para melhorar o Fórum D!

Deixe a sua sugestão

BENEFÍCIOS DA VITAMINA D

IMPRENSA

A importância da Vitamina D (com video)


O reumatologista e um dos promotores do Fórum D, Dr. Pereira da Silva, esteve na Edição da Manhã para falar da importância da vitamina D, quando se sabe que apesar de vivermos num país onde o sol brilha grande parte do ano, muitos portugueses apresentam défice desta vitamina.

As 4 vitaminas recomendadas por um cardiologista (em inglês)


O mundo das vitaminas e suplementos é confuso. Todas apresentam os seus benefícios para a saúde, mas se tudo fosse verdade iria acabar por tomar centenas de suplementos por dia. Como saber quais é que vale a pena ter atenção? Fique a saber!

Vitamina D aumenta esperança de vida


Estudo norte-americano relaciona níveis demasiado baixos de vitamina D com o desenvolvimento de certas doenças, como as do foro cardíaco, diabetes e hipertensão.

VIDEOS

O Popular Dr. Oz aponta as Vantagens da Vitamina D


O Dr. Oz também conhecido da televisão Portuguesa refere os niveis preocupantes de carência de Vitamina D nos Estados Unidos da América e as vantagens que esta pode trazer.

A Verdadeira História da Vitamina D


Uma reportagem da CBN News sobre os efeitos da Vitamina D e os efeitos benéficos que demonstra ter contras as infecções virais entre outros.

A Vitamina D na Prevenção do Cancro


O Dr. Meschino um dos pioneiros na criação de vídeos educativos sobre medicina na Internet fala sobre a Vitamina D e a sua importância na prevenção do cancro.

Uma extensa compilação de artigos sobre Vitamina D, com link para pubmed ou fontes semelhantes.

Aceda à base científica
Pneumonia

Os sintomas da pneumonia incluem uma tosse com expetoração, febre e arrepios. É frequentemente notada falta de ar, quando existe actividade física, mesmo que mínima. A pneumonia é a principal causa de morte, no seguimento de uma gripe.

A pneumonia é uma inflamação dos pulmões. É geralmente causada por uma infecção bacteriana, viral ou fúngica. A pneumonia também pode ocorrer após a inalação acidental de um líquido ou produto químico.

Os sintomas da pneumonia incluem uma tosse com expetoração, febre e arrepios. É frequentemente notada falta de ar, quando existe actividade física, mesmo que mínima. A pneumonia é a principal causa de morte, no seguimento de uma gripe. 

Fatores de risco

Estão em maior risco de contrair uma pneumonia as pessoas nas seguintes condições:

  • ♣    Bebés prematuros ou com peso abaixo do normal (quase 75% das mortes causadas por pneumonia acontecem em bebés com menos de 1 ano de idade).
  • ♣    Crianças com menos de 2 anos de idade.
  • ♣    Crianças com HIV.
  • ♣    Crianças com raquitismo e adultos com baixos níveis de vitamina D.
  • ♣    Indivíduos com mais de 65 anos.
  • ♣    Problemas de saúde de saúde no presente ou passado (má nutrição, malária, imunidade comprometida, infecções respiratórias e gripes).
  • ♣    Profissionais de saúde

 

Exposição solar e risco de pneumonia 

Vários estudos identificaram que baixos níveis de radiação ultravioleta e de vitamina D são factores importantes no desenvolvimento de raquitismo e risco de pneumonia em crianças.

De acordo com um estudo em Filadelfia, EUA, a pneumonia é mais comum no inverno, sobretudo nos jovens.

 

Vitamina D e pneumonia

Existem estudos um pouco por todo o mundo. No Yemen, por exemplo, crianças com elevada deficiência de vitamina D (níveis abaixo dos 10 ng/mL [25 nmol/L]) e raquitismo apresentavam taxas de sobrevivência mais baixas quando atingidas por pneumonia.

 

Como é que Vitamina D funciona neste caso?

A vitamina D pode ajudar a potencializar o sistema imunitário, através de:

Produção de cathelicidin e defensins - estas proteínas têm efeitos antivirais e antibacterianos, que podem favorecer a resolução de  uma pneumonia. Podem igualmente ajudar a neutralizar determinadas toxinas bacterianas.

Redução da inflamação - o revestimento dos pulmões é menos afectado. Tal situação dificulta a proliferação das bactérias.

 

Prevenção

Níveis alto de vitamina D podem ajudar a reduzir o risco ou os sintomas da pneumonia.

Com base em alguns estudos, o risco de influenza e outras infecções respiratórias pode ser reduzido, se:

  • ♣    Níveis de vitamina D regulares acima dos 40 ng/mL (100 nmol/L)
  • ♣    Suplementos de 1000-5000 UI (25-125 mcg)/dia de vitamina D, especialmente durante o inverno.

 

Tratamento

Recomendam-se 10.000 UI ou mais de vitamina D durante um curto período de tempo, para fortalecer o sistema imunitário e melhoras a as respostas naturais às infecções respiratórias como a pneumonia.