Obrigado por contribuir para melhorar o Fórum D!

Deixe a sua sugestão

BENEFÍCIOS DA VITAMINA D

IMPRENSA

A importância da Vitamina D (com video)


O reumatologista e um dos promotores do Fórum D, Dr. Pereira da Silva, esteve na Edição da Manhã para falar da importância da vitamina D, quando se sabe que apesar de vivermos num país onde o sol brilha grande parte do ano, muitos portugueses apresentam défice desta vitamina.

As 4 vitaminas recomendadas por um cardiologista (em inglês)


O mundo das vitaminas e suplementos é confuso. Todas apresentam os seus benefícios para a saúde, mas se tudo fosse verdade iria acabar por tomar centenas de suplementos por dia. Como saber quais é que vale a pena ter atenção? Fique a saber!

Vitamina D aumenta esperança de vida


Estudo norte-americano relaciona níveis demasiado baixos de vitamina D com o desenvolvimento de certas doenças, como as do foro cardíaco, diabetes e hipertensão.

VIDEOS

O Popular Dr. Oz aponta as Vantagens da Vitamina D


O Dr. Oz também conhecido da televisão Portuguesa refere os niveis preocupantes de carência de Vitamina D nos Estados Unidos da América e as vantagens que esta pode trazer.

A Verdadeira História da Vitamina D


Uma reportagem da CBN News sobre os efeitos da Vitamina D e os efeitos benéficos que demonstra ter contras as infecções virais entre outros.

A Vitamina D na Prevenção do Cancro


O Dr. Meschino um dos pioneiros na criação de vídeos educativos sobre medicina na Internet fala sobre a Vitamina D e a sua importância na prevenção do cancro.

Uma extensa compilação de artigos sobre Vitamina D, com link para pubmed ou fontes semelhantes.

Aceda à base científica
Anafilaxia

A anafilaxia consiste numa reacção extrema de alergia, qualquer que seja a sua causa.

Anaphylaxis

A anafilaxia consiste numa reacção extrema de alergia, qualquer que seja a sua causa. Afecta vários sistemas do corpo humano ao mesmo tempo, podendo traduzir-se por

- Pele: comichão, urticária, rubor

- Respiratório: falta de ar

- Gastrointestinal: dores abdominais, diarreia e vómitos

- Cardiovascular: espasmos da artéria coronária e possíveis ataques de coração

- Nervoso: queda da pressão arterial, possível perda de controlo da bexiga e ansiedade

A anafilaxia normalmente ocorre de forma muito rápida e exige tratamento de emergência.

 

Factores de risco

As causas mais comuns para a anafilaxia são:

- alimentos

- veneno de picadas da insectos

- drogas

A exposição frequente a uma alergia aumenta o risco de anafilaxia.

 

Exposição solar e risco de anafilaxia

Existem vários estudos que encontraram uma relação entre alergias extremas, estações de nascimento e vitamina D:

- Um estudo norteamericano de 2004 identificou diferenças regionais nas prescrições de um medicamento antialérgico. O maior número de prescrições de EpiPen provinham do Noroeste do continentes americano e  menor número do Sudoeste. Esta variação pode estar relacionado com a radiação solar UVB durante o verão, bem superior no Sudoeste que no Noroeste.

- Na Austrália, também foi verificada uma diferença acentuada nas prescrições de EpiPen: quanto mais longe do equador, maior número de prescrições. As altas latitudes longe do equador têm menos sol.

- Alguma evidência sugere que a estação do ano da altura do nascimento tem influência nas alergias alimentares.

 

Vitamina D e anafilaxia

Como é que a Vitamina D funciona neste caso?

A vitamina D pode ajudar a contrariar as alergias extremas, porque:

- Reduz a produção de immunoglobulin E (IgE), um tipo de anticorpo que, em niveis elevados, está associado a um risco acrescido de anafilaxia. Enquanto os níveis de vitamina D aumentam do inverno para o verão, os níveis de IgE diminuem.

- Reduz a inflamação: o calcitriol, a versão activa da vitamina D, actua no sistema imunitário e reduz a inflamação quando o corpo está a combater alergias.

 

Prevenção

Na Finlândia, a dieta maternal afectou o risco de desenvolver alergias alimentares em crianças até aos 5 anos de idade. As mães que tomaram mais vitamina D (mesmo que pequenas doses) durante a gravidez tiveram crianças com menos sensibilidade a alergias alimentares.

Admite-se que a vitamina D pode reduzir o risco de alergias alimentares ou anafilaxia quando o bebé ainda se encontra no útero, na infância e mesmo ao longo da vida.

Tratamento

Não existem estudos definitivos que indiquem que a vitamina D pode ser usada no tratamento de alergias ou de anafilaxia, uma vez instaladas. Não parece provável que a vitamina D possa ser interessante para combater a anafilaxia, já que esta é uma condição que requer tratamento de emergência e os efeitos da vitamina D não são de curto prazo.