Arteriosclerose

Arteriosclerose

Sumário para doentes e público em geral

 

Arteriosclerose é a acumulação de matéria gorda nas paredes internas das artérias. Esta matéria gorda engrossa e endurece as paredes arteriais. Formam-se depósitos de cálcio, com matéria gorda formando placas que causam o estreitamento das artérias e reduz o fluxo sanguíneo.

A arteriosclerose pode afectar vários orgãos, incluindo o coração, pulmões, cérebro, intestinos ou rins.

A redução do fluxo sanguíneo para o coração causa fortes dores no peito, falta de ar e pode mesmo provocar um ataque cardíaco.

 

Fatores de risco 

Os factores de risco para a arteriosclerose incluem:

  • ♣    Pressão sanguínea elevada.
  • ♣    Elevados níveis de colesterol no sangue.
  • ♣    Dieta rica em gorduras.
  • ♣    Obesidade.
  • ♣    Idade avançada.
  • ♣    Genética.
  • ♣    Hábitos tabágicos.
  • ♣    Diabetes
  • ♣    Consumo excessivo de bebidas alcoólicas.

Exposição solar e arteriosclerose

Não são conhecidos estudos que relacionem arteriosclerose com luz solar. No entanto, dois estudos norte-americanos descobriram que existe uma taxa de mortalidade por doença coronária mais elevada a menores altitudes. A arteriosclerose é um factor de risco critico para a DCV.

Existe menos luz solar em baixas altitudes. Estes estudos também relacionam a vitamina D com risco reduzido de doença coronária. A luz solar pode estar indirectamente relacionada com um risco menor de arteriosclerose.

 

Vitamina D e arteriosclerose

As pessoas com osteoporose, apresentam frequentemente arteriosclerose. Existe uma forte evidência científica de que a vitamina D reduz o risco de osteoporose.

Níveis baixos de vitamina D podem também aumentar o risco de endurecimento das artérias coronárias. Esta é uma situação frequente na arteriosclerose. É pois possível que a vitamina D possa ajudar pessoas com arteriosclerose.

 

Níveis de vitamina D

Existem estudos publicados sobre vitamina D e o risco de DCV. Níveis de vitamina D acima dos 30–40 ng/mL (75–100 nmol/L) podem diminuir o risco de arteriosclerose. Se esta patologia atingir estados avançados, é urgente a consulta médica.

 

Como é que Vitamina D funciona neste caso?

A vitamina D pode ajudar a prevenir a arteriosclerose de diferentes maneiras:

  • ♣    Reduz o processo inflamatório – a vitamina D altera a produção de citocinas e limita a inflamação junto das placas de ateromatosas.
  • ♣    Reduz as metaloproteinases – estas enzimas danificam os tecidos dos vasos sanguíneos.
  • ♣    Controla a expressão dos genes – a vitamina D activa os receptores de vitamina D que interferem na regulação de alguns genes. Esta situação pode reduzir o risco de doença cardiovascular e endurecimento das artérias.

 

Prevenção

Tendo por base vários estudos, verificamos que elevados níveis de vitamina D aparentam diminuir a DCV. Níveis elevados de vitamina D também podem reduzir significativamente o risco de arteriosclerose. De acordo com uma revisão de vários estudos observacionais, níveis de vitamina D de 30-40 ng/mL (75–100 nmol/L) podem reduzir o risco de DCV em 25% quando comparados com níveis abaixo dos 10 ng/mL (25 nmol/L). Assim, para reduzir o risco de arteriosclerose, pode ser benéfico manter os níveis de vitamina D acima dos 30–40 ng/mL (75–100 nmol/L).

Vitamina D e cálcio

Os suplementos de cálcio podem reduzir o número de hospitalizações ou mesmo mortalidade em doenças com DCV. Num estudo em mulheres idosas, suplementos de cálcio de 1200mg/dia não aumentaram o risco de arteriosclerose.

Tratamento

Suplementos de vitamina D e cálcio podem ajudar a diminuir o desenvolvimento das fases iniciais da arteriosclerose. No entanto, não é claro que a vitamina D tenha qualquer efeito em situações de arteriosclerose avançada.

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(http://forumd.org/forumd/wp-content/uploads/2018/06/Background-2000x800.jpg);background-size: cover;background-position: center center;background-attachment: scroll;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 240px;}