Cancro da próstata

Cancro da próstata

Sumário para doentes e público em geral

 

O cancro da próstata é um cancro que ocorre no sistema reprodutivo masculino.

Esta é uma causa importante de doença e morte. Em Portugal ocorrem cerca de 6000 casos por ano. Nos EUA, todos os anos, esta doença afecta cerca de 240 000 homens e responde por cerca de 34 000 mortes.

Fatores de risco

São vários os factores de risco associados ao cancro da próstata. Os mais importantes incluem:

  • Dieta rica em produtos animais – ingestão de carne, nas fases iniciais e ao longo da vida.
  • Cálcio na dieta ou suplementos.
  • Colesterol – níveis elevados têm sido associados a aumento de risco.
  • Genética – alguns genes podem provocar o aumento do colesterol e, consequentemente, do risco do cancro da próstata. Esta evidência poderá ser a razão para que os homens da raça negra tenham duas vezes mais cancro da próstata do que homens caucasianos.

Exposição solar e risco de cancro da próstata

Diversos estudos comprovam que a luz solar possui um efeito directo na redução do risco de cancro da próstata. Este facto é especialmente relevantes para pessoas com menos de 50 anos. A radiação UVB estimula a produção de vitamina D.

Alguns estudos também comprovaram que alguns homens com carcinomas possuem um menor risco de cancro da próstata, desde que vivendo em locais onde a pele é exposta à radiação solar.

Estudos na Noruega demonstraram um aumento das taxas de sobrevivência para homens diagnosticados no verão, quando comparados com homens diagnosticados no inverno.

Vitamina D e cancro da próstata

Estudos observacionais avaliaram os níveis de vitamina D no sangue até 27 anos antes do diagnóstico de cancro da próstata, e não encontraram resultados significativos.

A vitamina D poderá ter um efeito mínimo nesta doença desde os primeiros estágios até à detecção doença. No entanto, um estudo de Harvard, que envolveu profissionais de saúde, mostrou que pessoas com níveis superiores de vitamina D no sangue terão menos probabilidades de morrer de cancro da próstata, comparativamente com outras com níveis inferiores.

Como é que Vitamina D funciona neste caso?

A vitamina D interfere no crescimento de tumores cancerígenos. A forma activa de vitamina D – calcitriol – interfere com a expressão de muitos génes e fornece inúmeros benefícios contra o cancro. Esta forma de vitamina D melhora o controlo do ciclo celular e aumenta a morte celular (apoptose). Esta forma de vitamina D também limita o fornecimento de fluxo sanguíneo ao tumor e reduz a proliferação do cancro.

Prevenção

A exposição solar nas fases iniciais e médias da vida pode reduzir o risco de cancro da próstata

Tratamento  

A suplementação de vitamina D poderá fazer parte do tratamento do cancro da próstata, contudo não existem estudos que reportem claros benefícios desta medida.

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(http://forumd.org/forumd/wp-content/uploads/2018/06/Background-2000x800.jpg);background-size: cover;background-position: center center;background-attachment: scroll;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 240px;}