Deficiência de Vitamina D – Epidemia Global

Deficiência de Vitamina D – Epidemia Global

Deficiência de Vitamina D – Epidemia Global

A carência de vitamina D é uma epidemia à escala global, com estimativas recentes a indicarem que mais de 50% da população mundial está em risco.

“Pensamos que a deficiência de vitamina D representa a condição médica mais comum em todo o mundo.”

Dr. Michael F. Holick, Investigador e perito em Vitamina D

Elevada prevalência de carência de vitamina D foi encontrada em todos os grupos etários de todas as populações estudadas em países de todo o mundo. Mesmo em países com muito sol, como Portugal, a carência de Vitamina D afecta a maior parte da população – porque fugimos do sol, porque trabalhamos muito manos ao ar livre e porque utilizamos protectores solares com muita frequência.

Até os que são geralmente saudáveis não estão imunes a carência de vitamina D e às suas consequências. Na verdade, a extensão de carência de vitamina d é bem mais elevada do que os números indicam. Estimativas publicadas e estudos subestimam grosseiramente a extensão do problema: na verdade, os níveos antes tidos como “normais” foram revistos para valores bastante mais altos, em face da evidência científica.

Considera-se actualmente existir carência de Vitamina D sempre que os níveis sanguíneos de Vitamina D (na sua forma 25(OH)) sejam inferiores a 30 ng/mL (75 nmol/L).Contudo, evidência recente mostra efeitos benéficos da vitamina D quer só são atingidos a níveis próximos ou superiores a 50 ng/mL (125 nmol/L) . A definição de normalidade poderá voltar a aumentar.

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(http://forumd.org/forumd/wp-content/uploads/2018/06/Background-2000x800.jpg);background-size: cover;background-position: center center;background-attachment: scroll;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 240px;}