Leucemia

Leucemia

Sumário para doentes e público em geral

 

A leucemia é um cancro do sangue ou da espinal medula. Esta doença causa um aumento anormal de leucócitos (glóbulos brancos). Existem vários tipos de leucemia.

Todos os anos, a leucemia afecta aproximadamente 45 000 pessoas nos EUA, matando cerca de 22 000.

Fatores de risco

Entre os factores de risco de leucemia estão incluídos:

  • Poluentes ambientais químicos (benzenos que derivam da gasolina, pesticidas e outros)
  • Tabagismo.
  • Ingestão de carne vermelha.
  • Infeções virais.

Exposição solar e leucemia

Existem alguma evidência de que a radiação UVB reduz o risco de leucemia:

  • Um artigo indica que existem menos mortes devido a leucemia em altitudes superiores a 2 000 pés. Os níveis de UVB aumentam em altitudes mais elevada,
  • No Reino Unido, a leucemia infantil foi relacionada com infecções no inverno.
  • Um estudo em pacientes provenientes dos Emirados Árabes Unidos indicou uma maior taxa de leucemia linfoblástica aguda em mulheres do que em homens. Este facto opõe-se aos achados de outros países. Este resultado poderá indicar que esta taxa é superior nas mulheres devido aos hábitos vestuário, que usualmente cobrem todo o corpo e o inibe de receber radiação UVB.
  • Um estudo entre vários países mostrou que as taxas de incidência de leucemia aumentavam com a distância do equador. Em maiores latitudes a dosagem de UVB solar é menor.

Vitamina D e leucemia

O “Harvard Health Professionals Follow-up Study” revelou uma relação directa entre os níveis de vitamina D e a taxa de incidência de leucemia. Pacientes com valores elevados de vitamina D reduziram a leucemia em 56%. Contudo, a amostragem cingiu-se a 82 pessoas.

Como é que Vitamina D funciona neste caso?

A vitamina D pode reduzir o risco de alguns tipos de leucemia através das seguintes ações:

– Fortalecimento do sistema imunitário.

– Controlo do crescimento celular e aumento da morte celular (apoptose).

Prevenção

Apesar das evidências serem modestas, níveis elevados de vitamina D podem prevenir certos tipos de leucemia, reduzindo o número de infecções no inverno.

Tratamento

Pacientes com leucemia linfócitica crónica e com níveis elevados de vitamina D tiveram um decréscimo de 50% na taxa de progressão da doença e, portanto, aumentaram as taxas de sobrevivência. Pacientes com este tipo de leucemia obtiveram melhores resultados com suplementos de vitamina D.

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(http://forumd.org/forumd/wp-content/uploads/2018/06/Background-2000x800.jpg);background-size: cover;background-position: center center;background-attachment: scroll;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 240px;}