Pneumonia

Pneumonia

A pneumonia é uma inflamação dos pulmões. É geralmente causada por uma infecção bacteriana, viral ou fúngica. A pneumonia também pode ocorrer após a inalação acidental de um líquido ou produto químico.

Os sintomas da pneumonia incluem uma tosse com expetoração, febre e arrepios. É frequentemente notada falta de ar, quando existe actividade física, mesmo que mínima. A pneumonia é a principal causa de morte, no seguimento de uma gripe.

Fatores de risco

Estão em maior risco de contrair uma pneumonia as pessoas nas seguintes condições:

  • ♣    Bebés prematuros ou com peso abaixo do normal (quase 75% das mortes causadas por pneumonia acontecem em bebés com menos de 1 ano de idade).
  • ♣    Crianças com menos de 2 anos de idade.
  • ♣    Crianças com HIV.
  • ♣    Crianças com raquitismo e adultos com baixos níveis de vitamina D.
  • ♣    Indivíduos com mais de 65 anos.
  • ♣    Problemas de saúde de saúde no presente ou passado (má nutrição, malária, imunidade comprometida, infecções respiratórias e gripes).
  • ♣    Profissionais de saúde

 

Exposição solar e risco de pneumonia 

Vários estudos identificaram que baixos níveis de radiação ultravioleta e de vitamina D são factores importantes no desenvolvimento de raquitismo e risco de pneumonia em crianças.

De acordo com um estudo em Filadelfia, EUA, a pneumonia é mais comum no inverno, sobretudo nos jovens.

 

Vitamina D e pneumonia

Existem estudos um pouco por todo o mundo. No Yemen, por exemplo, crianças com elevada deficiência de vitamina D (níveis abaixo dos 10 ng/mL [25 nmol/L]) e raquitismo apresentavam taxas de sobrevivência mais baixas quando atingidas por pneumonia.

 

Como é que Vitamina D funciona neste caso?

A vitamina D pode ajudar a potencializar o sistema imunitário, através de:

Produção de cathelicidin e defensins – estas proteínas têm efeitos antivirais e antibacterianos, que podem favorecer a resolução de  uma pneumonia. Podem igualmente ajudar a neutralizar determinadas toxinas bacterianas.

Redução da inflamação – o revestimento dos pulmões é menos afectado. Tal situação dificulta a proliferação das bactérias.

 

Prevenção

Níveis alto de vitamina D podem ajudar a reduzir o risco ou os sintomas da pneumonia.

Com base em alguns estudos, o risco de influenza e outras infecções respiratórias pode ser reduzido, se:

  • ♣    Níveis de vitamina D regulares acima dos 40 ng/mL (100 nmol/L)
  • ♣    Suplementos de 1000-5000 UI (25-125 mcg)/dia de vitamina D, especialmente durante o inverno.

 

Tratamento

Recomendam-se 10.000 UI ou mais de vitamina D durante um curto período de tempo, para fortalecer o sistema imunitário e melhoras a as respostas naturais às infecções respiratórias como a pneumonia.

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(http://forumd.org/forumd/wp-content/uploads/2018/06/Background-2000x800.jpg);background-size: cover;background-position: center center;background-attachment: scroll;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 240px;}