Soluções para tirar vantagens do Sol

Soluções para tirar vantagens do Sol

O Verão marca o regresso à praia. Uma prática benéfica para a saúde quando são cumpridas várias regras. O Sol é um aliado no combate às doenças de ossos a tal ponto que o governo norueguês criou um centro de reabilitação na praia de Altea na Comunidade Valenciana (Espanha) para o tratamento de esclerose múltipla reumatismo e fracturas ósseas.

O recurso à vitamina D permitiu, por outro lado, a redução da osteoporose de 30% em 64 % de um total de 1104 mulheres numa investigação desenvolvida pelo médico José Manuel Quesada, da instituição espanhola Cubos. Também especialistas da Universidade de Creighton, em Ohama (Nebrasca), nos Estados Unidos, sustentam que a vitamina D reduz o risco de cancro. Numa outra investigação da Universidade de Mineola, em Nova Iorque, ficou concluído que uma exposição solar de 20 minutos reduz as infecções respiratórias e gripes devido à libertação pela pele de vitamina D, que é absorvida pelo organismo. Conhecidas são também as propriedades do Sol no tratamento de depressões. A exposição solar excessiva produz também sérios riscos, agravados pela ocorrência de um escaldão. Em Portugal, cresce o número de cancro de pele, que quando maligno pode matar. Segundo a Liga Portuguesa Contra o Cancro, o Sol é o principal risco para esta doença de pele. Dermatologistas recomendam que a exposição solar não deve ocorrer entre as 11h30 e as 16h30.

Crianças com menos de um ano e mulheres grávidas não podem frequentar a praia pela sensibilidade excessiva da pele. Nos primeiros dias é conveniente o uso de um protetor solar com proteção de 30 a 40. Nos menores de 12 anos e adultos de pele muito branca este protetor deve ser sempre usado. A praia obriga ao uso de uma série de acessórios úteis para proteger do Sol: óculos com lentes que protejam dos raios ultravioleta, chapéu ou toldo, boné e t-shirt. Uma exposição prolongada pode provocar um choque térmico, para isso é necessário o consumo de líquidos em abundância e uma alimentação baseada em frutas. A geleira figura também entre os objetos recomendados para um dia de praia. O choque térmico, com consequências cardíacas, pode também resultar de uma entrada abrupta no mar, devido ao contraste entres as temperaturas ambiente e da água. Por questões de segurança as autoridades marítimas recomendam a utilização de uma praia vigiada e o respeito pelas bandeiras.

SAIBA MAIS 10 mil casos detectados por ano, em Portugal, de cancro de pele menos graves. Por melanoma, o mais grave tumor maligno, são 800 por ano. 201 óbitos em 2005 por tumor maligno de pele, segundo o Instituto Nacional de Estatística. Existem três tipos de cancro de pele: o basalioma (mais vulgar e menos agressivo), o carcinoma (surge nos idosos com a pele muito envelhecida pelo Sol) e o melanoma (o mais perigoso e um dos mais agressivos).

Não se deixe enganar, o céu nublado que marca início de Verão não significa raios ultravioleta menos agressivos.

 

FONTE & REFERÊNCIAS

Correio da Manhã

 

 

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(http://forumd.org/forumd/wp-content/uploads/2018/06/Background-2000x800.jpg);background-size: cover;background-position: center center;background-attachment: scroll;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 240px;}