Dieta pobre em nutrientes e pouca exposição solar relacionados com desenvolvimento de enxaquecas

Dieta pobre em nutrientes e pouca exposição solar relacionados com desenvolvimento de enxaquecas

A generalidade dos conselhos médicos dados no sentido de evitar a enxaqueca, prendem-se com os fatores que frequentemente a originam, como ruídos altos e luzes brilhantes, alimentos processados e stress. Suplementos como o magnésio são frequentemente referidos como podendo ajudar. No entanto, novas pesquisas sugerem que a carência de certas vitaminas pode contribuir para o desenvolvimento de enxaquecas.

Ao contrário das dores de cabeça habituais, que geralmente respondem ao ibuprofeno ou aspirina, as enxaquecas (que afectam uma em quatro mulheres) parece que perduram muito mais no tempo, podendo ser muito debilitantes.

Um estudo apresentado na 58ª Reunião Científica da American Headache Societyno qual foram avaliados os níveis de vitamina D (medida em 4569 participantes), riboflavina (B-2) (medida em 7691 participantes) e a coenzima Q10 (medida em 7116 participantes) em pacientes com enxaquecas recorrentes, a necessitar de medicina preventiva das mesmas, demonstrou que em pelo menos 60% dos indivíduos existiam carência destas vitaminas.

Dr. Jacob Teitelbaum, que se especializa no tratamento de pacientes com dor e fadiga crónica, diz que começou a aprender sobre terapias alternativas depois de ele próprio sofrer de fadiga crónica e fibromialgia enquanto estudante de medicina, verificando que não existiam tratamentos médicos eficazes que realmente ajudassem nessas condições.

O Dr. Teitelbaum sugere que em particular a dieta americana, que se generalizou um pouco por todo o mundo, e atitudes relativas à exposição solar podem estar a contribuir para a frequência e intensidade das enxaquecas: “Infelizmente, a dieta americana perdeu cerca de metade de suas vitaminas e outros nutrientes não calóricos por causa do processamento de alimentos”, diz Teitelbaum. “É por isso que nós estamos a verificar tanto um aumento do número de pessoas obesas como desnutridas, ao mesmo tempo, pela primeira vez na história da humanidade! Além disso, a deficiência de vitamina D é galopante muito devido a conselhos equivocados para evitar a luz do sol. A luz do sol é fundamental para a saúde e o aconselhamento adequado deveria ser “evitar queimaduras solares”, não a luz do sol!”

Fontes & Referências

https://www.vitamindcouncil.org/vitamin-d-news/58th-scientific-meeting-of-the-american-headache-society-presents-research-on-vitamin-d-and-migraines/

http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/head.12832/full

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(http://forumd.org/forumd/wp-content/uploads/2018/06/Background-2000x800.jpg);background-size: cover;background-position: center center;background-attachment: scroll;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 240px;}