Suplementos de Vitamina D “aconselhados para toda a gente”

Suplementos de Vitamina D “aconselhados para toda a gente”

Os suplementos de vitamina D, sobretudo no outono e inverno, deveriam ser considerados por toda a gente. Esta é uma das mais recente recomendações do Sistema Nacional de Saúde Pública do Reino Unido.

Faz parte de um relatório encomendado pelo governo, onde se definem os níveis de 10 microgramas de vitamina D por dia como ideal. As autoridades estão preocupadas porque atingir tais níveis é difícil, seja através da dieta ou especialmente quando a luz solar, essencial na produção de vitamina D, é escassa.

Foi realizada uma extensa revisão da evidência, realizada pelo Scientific Advisory Committee on Nutrition (SACN), que sugere que todos acima de um ano de idade deveriam consumir 10 microgramas de vitamina D por dia, a fim de proteger a saúde óssea e muscular, entre outros.

O Prof Peter Selby, da Universidade de Manchester, mostrou-se satisfeito com a recomendação. Ele disse: “Em particular, esta dissipa qualquer dúvida sobre o lugar de vitamina D na manutenção da saúde dos ossos e assegura que todas as pessoas vão agora ser encorajadas a receber vitamina D para reduzir seu risco de doença óssea e fraturas.”

A recomendação anterior referia apenas alguns grupos de risco como grávidas, lactantes ou idosos e deverá ser mantida especial atenção nestes casos. Tal como as pessoas que no geral têm pouca ou nenhuma exposição solar, que deveriam considerar suplementos todo o ano e não apenas no Outono e Inverno. O Dr. Louis Levy, especialista em ciência da nutrição no Sistema Nacional de Saúde Pública em Inglaterra, referiu à BBC: “Anteriormente, sentíamos que a população iria obter Vitamina D suficiente a partir da luz solar. Este é um nova recomendação, com base no que verificámos ao longo dos últimos 5 anos”.

O Sistema Nacional de Saúde Inglês irá disponibilizar suplementos de vitamina D gratuitamente para famílias de baixo rendimento. Simultaneamente, as autoridades de saúde na Escócia e na Irlanda do Norte dizem ter actualizado a sua orientação em linha com as novas recomendações. Para além do impacto conhecido em doenças musculoesqueléticas, esta revisão levou em linha de conta muitos estudos que sugerem que os níveis de vitamina D podem ter um impacto sobre o cancro, doenças cardiovasculares e esclerose múltipla, mas como habitualmente referiu que é necessária mais evidência para retirar conclusões firmes

 

Links & Referências:

https://www.vitamindcouncil.org/vitamin-d-news/uk-sets-recommendation-for-vitamin-d-supplementation/

http://www.bbc.com/news/health-36846894

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(http://forumd.org/forumd/wp-content/uploads/2018/06/Background-2000x800.jpg);background-size: cover;background-position: center center;background-attachment: scroll;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 240px;}