Vitamina D e Artrite Reumatóide: qual a associação?

Vitamina D e Artrite Reumatóide: qual a associação?

Os resultados desta meta-análise reforçam a evidência da associação entre Vitamina D e Artrite Reumatóide, demonstrando que a deficiência em vitamina D se associa a maior actividade de doença.

Além do seu papel no metabolismo fosfo-cálcio e no osso, outras funções biológicas têm sido atribuídas à Vitamina D. Diversas funções imunológicas da Vitamina D têm sido identificadas. A Vitamina D altera a expressão de genes que afetam a diferenciação e proliferação celulares, a apoptose e a angiogénese. É reconhecida sua influência sobre diversas citocinas e moléculas intervenientes na inflamação sendo assim atribuído um papel imunológico importante à vitamina D. Diversos estudos têm associado a Vitamina D e diversas doenças imuno-mediadas, como por exemplos das doenças reumáticas inflamatórias.

Diversos estudos têm sido conduzidos no sentido de estabelecer a associação entre Vitamina D e a Artrite Reumatoide (AR), mostrando resultados controversos. Young Ho Lee e a sua equipa realizaram uma revisão da literatura com meta-análise, com o objetivo de responder a esta questão.

 

Meta-Análise: Metodologia e Resultados

Os autores realizaram uma pesquisa em diversas bases (EMBASE, PUBMED e COCHRANE), tendo identificado 269 artigos, 15 dos quais foram incluídos nesta meta-análise (1143 doentes com AR e 963 controlos). A comparação de níveis de Vitamina D entre doentes e saudáveis foi realizada em 15 estudos, e em seis foi avaliada a prevalência de deficiência em Vitamina D nestes dois grupos. Em 13 estudos foi avaliada a associação entre níveis de Vitamina D e actividade da doença (avaliada pelo DAS28). A maioria dos estudos incluídos apresentava elevada qualidade metodológica.

A meta-análise dos estudos que compararam a prevalência de deficiência de Vitamina D em doentes e controlos, demonstrou que esta era superior nos doentes com AR (55.2 vs 33.2 %, OR 2.460 (95%IC: 1.135-5.332), p=0.023), sendo os níveis de Vitamina D inferiores no grupo de doentes (SMD=-0.608, 95%IC:-1.105 – (-0.017); p=0.017).

Nos treze estudos (n=1056) que avaliaram a associação entre os níveis de Vitamina D e a actividade da doença (baseada no DAS28) verificou-se os níveis de Vitamina D se correlacionam inversamente com a actividade da doença (Coeficiente de Correlação=-0.278, 95%IC-0.393- (-0.153) , p<0,001).

De acordo com os autores, os estudos apresentavam grande heterogeneidade sendo a raça, o tamanho da amostra e ano de publicação os principais determinantes da heterogeneidade. De acordo com a análise efectuada pelos autores, não foi considerado haver viés de publicação nesta meta-análise.

 

Conclusão

Os resultados desta meta-análise reforçam a evidência da associação entre Vitamina D e Artrite Reumatóide, demonstrando que a deficiência em vitamina D se associa a maior actividade de doença.

Apesar de estes resultados indiciarem que a deficiência de Vitamina D aumenta a susceptibilidade para AR, mais estudos são necessários para clarificar qual o impacto da Vitamina D na patogénese da AR. O impacto de suplementação de Vitamina D na prevenção de AR e no controlo da sua actividade precisa de ser avaliado em estudos futuros de elevada qualidade.

 

Vitamin D level in rheumatoid arthritis and its correlation with the disease activity: a meta-analysis.

Lee YH, Bae SC.

Clin Exp Rheumatol. 2016 Apr 6

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(http://forumd.org/forumd/wp-content/uploads/2018/06/Background-2000x800.jpg);background-size: cover;background-position: center center;background-attachment: scroll;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 240px;}